segunda-feira, dezembro 13, 2010

É muito difícil.





   Dizer para alguém que te quer tanto, que você não o quer mais. É difícil. Difícil destruir os sonhos que você ajudou a sonhar, desfazer os planos que você também imaginou realizar. É muito difícil dizer para a pessoa que você está se relacionando que não a quer mais, que acabou. É difícil, dizer que se enganou, que achou que fosse dar certo. Que achou que conseguiria levar pelo menos dessa vez, alguma coisa a sério, que chegou a pensar que poderia se apaixonar de novo. É difícil destruir os sonhos dos outros, sonhos que você, mesmo sem querer, ajudou a construir. É difícil dizer adeus a alguém que tanto te acolheu em um momento em que você estava tão carente. É difícil dizer que gosta da pessoa, só que, embora ela tenha tantas qualidades, não é quem o completa. É difícil dizer adeus a tantos momentos felizes, a aquela pessoa que deu o que você já tinha até esquecido que existia: Amor. É difícil dizer que você não consegue se envolver. Que você gosta, mas acha melhor acabar antes de sofrer. É difícil dizer que você tem medo, medo de ser feliz denovo, porque dói quando tudo acaba e só resta as lembranças boas de dias que chegaram ao fim. É difícil dizer que não é culpa sua, que você até queria que desse certo, mas você não consegue, algo mais forte, te impede. Mais difícil ainda é a pessoa que você está querendo se afastar acreditar em você. Acreditar que você realmente sente algo por ela, mas não quer fazê-la sofrer quando mais tarde, bater em você aquela paranóia de que é melhor parar por ali, porque todas as vezes que você se entrega, você sofre. É muito difícil se fazer entender. Fazer com que entendam, que você quer estar junto, mas um pouco sozinho. Porque se entregar dói demais quando não é recíproco. E ele sabe que quando ele já estiver ali todo empolgado, é ela quem vai pular do barco. E ele vai estar novamente só, com a certeza de que é sempre melhor quando nem um dos dois abandona. Mas ser abandonado sempre, já é demais para ele. E ele queria que fosse fácil mudar isso. Que fosse fácil perder o medo. Que fosse fácil se entregar. Mas é difícil.
E o mais difícil de tudo é ir embora, quando o que se queria mesmo, era poder conseguir ficar e doar seu coração para alguém amar.

1 comentários:

Kellen disse...

Perfeito...
Triste...
bjus

Postar um comentário