quarta-feira, dezembro 22, 2010

O sapo com alma de príncipe.




   Ele é um sapo com alma de príncipe e não é por nada relacionado a sua beleza externa. Tá certo que ele não é um Deus grego, daqueles que deixam qualquer pessoa boquiaberta, mas tem seu charme. E um coração tão grande que dá a impressão de ser maior que coração de mãe, onde sempre cabe mais um, no dele parece que sempre cabe mais um milhão. O brilho dele é intenso, como o de um diamante. Ele tem um coração tão bonito, mas poucas pessoas sabem. Ele não se mostra para qualquer um. Ele prefere ficar ali, se encondendo atrás daquela máscara de monstro verde do pântano. E eu sei, talvez seja para não se machucar. Ele às vezes chega a ser grosseiro só para que acreditem nesse seu lado ogro. Ele se mostra totalmente desligado, de tudo e de todos. Pelo menos é o que aparenta. Mas como nem tudo que parece é, ele não é. Ele não é um sapo. Ele é um príncipe. Que mesmo vestido de sapo, não consegue por muito tempo esconder suas verdadeiras intenções, pretenções.. Não consegue fingir por muito tempo a sua marra.
   Ele sorri sempre, mesmo que sofra, isso pode até ser necessário, mas é ruim, principalmente para ele, porque quem guarda dor sofre mais. Ele se abre com poucas pessoas. Eu me sinto lisonjeada de ser uma dessas poucas. Ele sempre está feliz, mesmo que seja um pouquinho triste. Ele é tão lindo por dentro, ele poderia se mostrar mais. Para que as pessoas o conhecessem, como eu acho que o conheço. Ele não é só aquele sorriso tímido, forçado às vezes. Ele é alguém que tem um coração dentro do peito que pulsa a todo vapor. Ele é um sapo, que não precisa que uma princesa o beije para que ele seja encantado. Ele é encantado. Tudo sobre ele é mágico. Ele é uma surpresa a cada momento. Ele é um ser humano esplêndido. Ele se preocupa comigo, ele me escuta de verdade, ele me olha com os olhos mais bonitos do mundo. Ah, sapinho bunitinho, quando você vai parar de se esconder atrás desse coachar e começar a se mostrar? quando vai começar a mostrar esse seu coração para todo mundo? Quando vai espalhar esse seu sorriso por aí, esse sorriso verdadeiro que poucas vezes é visto, e que te deixa até sua orelha um pouco vermelha? Quando você vai começar a perceber que seu encanto é tamanho que me faz querer estar para todo sempre perto de você? Ah sapinho, eu nem preciso de um beijo para me sentir encantada por você. Ah sapinho, eu não vivo bem, se você não está perto. Ah sapinho, eu sinto saudade de você toda vez que você vira as costas.

2 comentários:

Phael Marques disse...

Incrível como em apenas 1 ano a gente se conheça tão bem,(eu sou quase um Sherek, kkk) a ponto de vc me descrever assim lindamente. Brigadoo princesa! Saudadess.

tamii macedo disse...

você é um Sherek (porque a história do Sherek, mostra que ninguém precisa ser perfeito para ser feliz) E você merece ser feliz'
Saudadees Ogrinho' *-*

Postar um comentário