sexta-feira, dezembro 10, 2010

Ele não muda.



   Ele é assim desde que era bem mais novo, ele ainda é novo, mas já passou alguns anos e ele pode ter mudado em alguns aspectos, mas não em um, bem importante: A displicência.
De acordo com o dicionário: Displicência. s.f. Disposição daquele que não tem o menor cuidado com as coisas. Indolência, descuido, descaso, negligência, indiferença.
   Ele é o que chamariam de o cúmulo da displicência. Outro detalhe que não tem no dicionário, e não raras vezes, se vê no displicente. Ele não tem o menor cuidado com as coisas, e muito menos com as pessoas. Acredita que outro dia, ele foi na biblioteca da faculdade, pediu pra uma amiga esperar ele, e ela esperou, mas ele foi de carona pra casa, enquanto ela, perdeu três ônibus esperando ele. É brincadeira? Não. Não é.
   Ele é assim. Displicente que só ele.
   Vai pra faculdade, mas sempre está AUSENTE mentalmente. Não presta atenção em nada. Não raras vezes ele conversa com alguém e no meio da conversa ele solta um "ÃNH?", e a outra pessoa fica ali se perguntando, será que ele prestou atenção em alguma coisa que eu disse? Provavelmente não. Ele só chega atrasado nos lugares, principalmente quando é importante que ele chegue o mais cedo possível. Quando diz que vai a algum lugar, todo mundo já fica na espera que ele não apareça. Ele é um ser extremamente tratante. O que ele sabe mesmo é pedir desculpa, isso ele sabe, até de joelhos. Pra não perder o charme. E sabe se defender, isso é fato comprovado, mas ele se defende de algo que é impossível. A displicência dele não tem defesa. Mas ele fica lá se fazendo de vítima: Para, que eu não sou assim. Fulano gosta de me esculhambar. E coisa e tal, e tal coisa. Mas não tem como alguém acreditar no que ele fala, todo mundo nota, mas ele é tão displicente que nem nota. Nem nota o quanto ele é notado.
   Ah displicência, absurda! Será que um dia ele muda? 
Acho que é melhor ele continuar do mesmo jeito que está. Sei lá.
   Ele não muda, mas e se ele mudar, será que alguém vai gostar? Ou será que é esse jeito dele, que faz todo mundo se aproximar?
   Ele é displicente. Talvez seja por isso, que é tão impossível não gostar dele.

   Afinal, todo mundo quer saber o motivo de tanta displicência.
Qual será?


3 comentários:

Phael Marques disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, eu só posso rir com isso né kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, nossa 9 pessoas acham isso engraçado, isso é bom acho que eu não vou mudar não kkkkkkkkkkkk. Muito massa Tami.

tamii macedo disse...

qe bom qe gostou *-*

Dispicente' hauahuas

naii ferreira disse...

kkkkkkkkkkkk
- Rapha o q vc achou?
-ahn? :S
-(ele não me ouviu de novoo) esquece
kkkkkkkkkkkkkk

Postar um comentário